davidb

quarta-feira, agosto 31, 2005

A Epopéia de Cido

Quem dera vocês todos tivessem conhecido o Cido. Isso mesmo. A fonética chega a ser ridícula, mas a intensão aqui, na verdade, é prestar papel de ridículo. Passar-se por um completo idiota. Convencido de que isso é o que as pessoas fazem com as pessoas o tempo todo. A epopéia do Cido é um epílogo claro, convicto.

Cido tem vinte e seis anos. Estuda numa excelente universidade. Ele vem duma familia tradicional do interior de São Paulo. Dessas que são tradicionais só lá no interior mesmo. Mas Cido é um cara muito grandalhão. Mais de 1,90m, mãos enormes. Isso dá a ele aquela conhecida pseudo-superioridade típica de quem é grandalhão. Chega a ser ridícula, misturada ao seu desengonço singular. Deixa-me contar logo a porra da história senão ninguém lerá este conto. Internet é uma merda por isso. Passou de uma lauda, virou bíblia.

Cido tem uma espécie de namorada. Digo uma “espécie” porque essa “espécie” de namorada do Cido tem um namorado em outra cidade. Confuso? Já explico. Iara vem de uma outra cidade também no interior de São Paulo. Lá nessa cidade vive a sua família e seu namorado, Jeff. Todos os finais de semana ela viaja até Piracicabana do Oeste para encontrar seu namorado (noivo), e sua família. Durante a semana, ela estuda na mesma universidade de Cido e se relaciona secretissimamente com ele. Mas como a relação é informal, Cido tem seus freelances, seus jobs sem nota. Sabe como é…

Cido divide um apartamento com dois amigos: Rafael e Bangu. Num dia desses, Cido estava em casa com a Kátia, que também estuda na mesma universidade. Tinham acabado de fazer uma transação de cromossomos quando toca o interfone. Cido se levanta para atender. Da cozinha ele escuta:

- Iara? Oi! Lembra de mim? Sobe ai! - diz Kátia acenando para Iara lá embaixo.

Se fosse um filme, a camera daria um zoom in rapidíssimo no rosto do Cido, causando bastante impacto e suspense. Cido não poderia deixar que Iara soubesse de Kátia nem Kátia de Iara. Cido atende o intefone e volta.
Kátia vira-se para Cido e diz:

- Olha só! A Iara tá ai embaixo? O que ela quer?
- Ela veio pegar um livro. – responde Cido indo em direção a Rafael.
- Rafa, quebra um galho. Depois te explico. Vai até meu carro agora com a Iara e dá o livro que tá no banco de trás a ela. – diz baixinho, escodidamente.
- Ok. – sai Rafael em direção a Iara e o carro sem entender muita coisa.

Rapidamente ele arma um plano. Pega o celular e simula atender uma ligação.

- Alô?
Silêncio.
- Beleza.
Silêncio.
- Sim. Tem razão. Puta mancada.
Silêncio
- Pode crer. Tinha me esquecido!
Silêncio
- Não! Pode deixar! To indo ài agora mesmo!
Silêncio
- To indo.
Silêncio
- Um abraço! Falou!

Na seqüência, desliga o celular desligado e fala para Kátia:

- Puta merda meu! Era o Cris.
- Que tem? – disse a Kátia.
- Esqueci que tinha de levar uns livros pra ele. Merda. To indo pra lá agora. Tudo bem por você, né?
- Certamente! Mas quanto livro, hein? – meio sem opção, respondeu ela.
- Foda.

Kátia pega sua bolsa para ir embora, enquanto Cido vai até o quarto avisar Bangu que não saia do quarto em hipótese alguma. Bangu também obedece sem entender coisa alguma. Pseudo-autoridade. Sabe como é…

Kátia vai embora e algum tempo depois Iara volta, mas dessa vez ela sobe.

- Oi Cido. Tudo bem?
- Tudo e você?
- Tudo. Nossa! O que a Kátia estava fazendo aqui?
- A Kátia? Ah! Ela está lá no quarto com o Bangu.
- Com o Bangu?
- É. Com o Bangu.
- Nossa! Mas.... onde eles se conheceram?
- Sabe como é… essas festas de faculdade…
- É… sei... - responde Iara um pouco perplexa, porém convencida.

Cido passou o resto da noite com a Iara.

Dia seguinte Cido está chegando a aula, e na porta da sala encontra Kátia encostada.

- Oi Cido.
- Oi Kátia, beleza?
- Tudo bem. Nossa! O que a Iara foi fazer na sua casa ontem?
- Foi pegar um livro que estava com o Rafael.
- Mas a hora que eu estava indo embora eu a vi voltando e subindo.
- Então... ela e o Bangu…
- O Bangu?
- É.
- Onde eles se conheceram?
- Sabe como é… essas festas de faculdade…

4 Comments:

Blogger Mandy said...

adorei
otimo roteiro
vamos filmar?

9:45 PM  
Anonymous Anônimo said...

Nossa!! otima ideia! tb adorei! vamos filmar sim! eba eba eba!

1:58 PM  
Blogger Andrea said...

Pobre Bangu!!!!

11:09 AM  
Anonymous Mauro Basto said...

é, essas festas de faculdade ahahahah

6:34 PM  

Postar um comentário

<< Home